Divirta-se!!

Estas páginas estão mostrando um pouco de tudo o que gosto: tricô, crochê, bordado, literatura. Aos poucos vou adicionando coisas feitas recentemente e outras que foram feitas a muito tempo e só agora tive tempo (na verdade, coragem mesmo) de colocar em um blog. Espero que estas páginas tragam inspiração... e também, um pouco de transpiração!! Por que não?

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Terço em crochê com miçangas

Olá! Quando vi este trabalho, fiquei completamente apaixonada e ao mesmo tempo impressionada. Porque não conseguia entender como trabalhar com uma agulha tão fininha...
Acreditem: fácil. É muito mais complicado ver, que fazer.
Seguindo as instruções deste site:    Falando de Crochê    , já fiz uns 6 conjuntos. 

Esses dois fiz para a Sophia e para a Heloísa.






Cachecol dupla face duas cores - projeto concluído

Havia colocado o comecinho do trabalho, agora ele está pronto. Ficou super fofo. Minha filhota adorou. Agora estou fazendo um pra Sophia, minha sobrinha e a Helo, minha outra filha, já pediu um também. O delas será branco e vermelho.

A receita está na postagem anterior: Cachecol dupla face duas cores

terça-feira, 21 de maio de 2013

Cachecol dupla face duas cores

Esse cachecol encontrei por acaso e fiquei encantada. Não achei a receita em português e não consegui reescreve-la. Porque mesmo fazendo, é difícil explicar. Mas fácil fazer. Já vai entender. Parece que não vai dar certo mas dá.

Estou no comecinho, mas já dá pra ver como está ficando.


Fica muito lindo! A receita eu aprendi aqui: Double Knitting Snowflakes Scarf.

Tudo bem, o site eu acho que é em chinês, mas a linguagem das agulhas é universal.

Na verdade, quem quiser fazer, assista os filmes. Porque sem eles, acho muito difícil.

Divirta-se!!




Presente de Aniversário

Minha sobrinha pediu de presente de aniversário uma bolsa de tricô. Mas quando eu fiz aquela bota de tricô pra minha filha eu achei que seria a cara da minha sobrinha uma daquela. Então, para não deixar de atender a todas as vontades (dela e minha), fiz a bolsa combinando com a meia. E de quebra ainda mandei um tercinho de crochê "made by me, of course". Ficou muito bom o resultado.

Usei o fio Dew da Patons. Agulha 4 de 2 pontas para as meias e simples para a execução da bolsa.

A receita dos desenhos pode ver aqui.

O presente ficou assim.







A bolsa eu fiz seguindo o gráfico da meia. Antes de costurar, a bolsa estava assim:



Costurei as laterais e preguei um botão de margaridinha pra fechar. Para arrematar as bordas da bolsa, fiz uma carreira de ponto baixo em crochê.

Ah! O tercinho do "kit" presente fui eu quem fiz também. Mas essa receita é outro post.

Cachecóis

Entre um projeto maior e outro faço esses cachecóis para me inspirar.

Esse é em crochê, a receita eu já havia publicado aqui.


Esse é em tricô. Feito com agulha 12. Na verdade esse é mais uma gola que um cachecol. Na hora de emendar as pontas eu torci. 
Ponto A com ponto A e B com B.
Para arrematar fiz barrinha em crochê. Ponto baixo.





sábado, 4 de maio de 2013

Meia 7/8 em tricô

Esta meia foi um pedido e um desafio. Eu já havia feito meias de tricô, mas a mais alta tinha, sei lá, uns 25cm   de altura. Quando a Inês pediu uma até o meio da coxa, eu pensei: Vou arriscar.



O resultado foi muito melhor que eu havia imaginado. Tanto gostei que está nos planos para fazer uma para  a Beatriz. 

Material:
5 agulhas de pontas duplas nº 4.
Lã Família Pingouin

Abreviações:
m = meia
t = tricô
carr: - carreira
tj = tricô junto
sf = tira um ponto sem fazer
mj torcido = 2 meias juntos tirados colocando a agulha da direita pela frente e torcendo os pontos.
ssk = tira dois pontos meias para a agulha da direita e coloca a agulha da esquerda como se fosse fazer os pontos em tricô, mas passa o fio pela agulha da direita que ficou atrás do trabalho e tiras os dois pontos juntos em meia

Receita:

Monte 96p distribuídos em 3 agulhas. Trabalhe em carreiras circulares para formar a barra em tranças. Faça 4 carr de 4m; 4t e na 5ª volta faça uma trança em cada conjunto de 4m. Repita as tranças 5 vezes.
Continue em barra 4x4 por mais 75 voltas.
Nesse ponto faça a redução para a panturrilha; uma volta inteira : *4m, 2tj, 2tj*. Repita na volta toda. A Partir da próxima volta, ela será 4m, 2t. Neste ponto, sua meia terá 72p.
Continue mais 30 carr de 4m, 2t.

Para redução abaixo da panturrilha faça da seguinte forma:
1ª volta: *4m, 2t*(8x), 2mj torcido, ssk,  2t, *4m, 2t*(3x)
2ª volta: segue os pontos
3ª volta: *4m, 2t*(8x), 4t, *4m, 2t*(3x)
4ª volta: *4m, 2t*(7x), 4m, 1t, 2tj, 2tj, 1t, *4m, 2t*(3x)
5ª volta: segue os pontos
6ª volta: *4m, 2t*(7x), 4m, 2tj, 2tj, *4m, 2t*(3x)
7ª volta: segue os pontos
8ª volta: *4m, 2t*(7x), 3m, ssk, 2 mj torcido, 3m, 2t, *4m, 2t*(2x)
9ª volta: segue os pontos
10ª volta: *4m, 2t*(7x), 2m, ssk, 2 mj torcido, 2m, 2t, *4m, 2t*(2x)

11ª volta: segue os pontos
12ª volta: *4m, 2t*(7x), 1m, ssk, 2 mj torcido, 1m, 2t, *4m, 2t*(2x)

13ª volta: segue os pontos
14ª volta: *4m, 2t*(7x), ssk, 2 mj torcido, 2t, *4m, 2t*(2x)

15ª volta: segue os pontos
16ª volta: *4m, 2t*(7x), 4t, *4m, 2t*(2x)

17ª volta: *4m, 2t*(6x), 4m, 1t, 2tj, 2tj, 1t, *4m, 2t*(2x)
18ª volta: segue os pontos
19ª volta: *4m, 2t*(6x), 4m, 2tj, 2tj, *4m, 2t*(2x)
20ª volta: segue os pontos 

Nesse ponto estará com 54p.
Continue seguindo os pontos em barra 4x2 por mais 40 voltas.

Tornozelo
Centralize o desenho da panturrilha de forma que fique bem no centro da agulha que está na sua mão direita, passe os pontos para que esta agulha fique com um total de 26p. Sendo 13 a esquerda do centro da panturrilha e 13 a direita.
Para o tornozelo, o trabalho é feito em carreiras de ida e volta.
1ª carr: 1sf, t até o final
2ª carr: *1meia sem fazer , 1m* Repete **.
Repita as duas carreiras por mais até atingir 27 carr.

Calcanhar
Para formar o calcanhar, siga a receita:
1ª carr: 1sf, 13m, 2mj, 1m (vira)
2ª carr: 1sf,  3t, 2tj, 1t (vira)
3ª carr: 1sf, 4m, 2mj, 1m (vira)
4ª carr: 1sf,  5t, 2tj, 1t (vira)
5ª carr: 1sf, 6m, 2mj, 1m (vira)
6ª carr: 1sf,  7t, 2tj, 1t (vira)
7ª carr: 1sf, 8m, 2mj, 1m (vira)
8ª carr: 1sf,  9t, 2tj, 1t (vira)
9ª carr: 1sf, 10m, 2mj, 1m (vira)
10ª carr: 1sf, 11t, 2tj, 1t (vira)
11ª carr: 1sf, 12m, 2mj, 1m (vira)
12ª carr: 1sf,  13t, 2tj, (vira)
3ª carr: 1sf, 13m (vira)


Peito do pé:
Com o lado direito virado pra você, e usando a ag. que está na sua mão direita, e que está com os 14 p. que acabou de tricotar (ag. n˚1), levante 16 p. da lateral do tornozelo (total de 30 p. nessa ag.).
Com uma outra ag. tric. os 14 p. de cada uma das outras duas ag. de tal forma que fique com os 28 p. na
mesma ag. (ag. n˚2 = 28 p.) . Agora, com a terceira ag. levante 16 p. da outra lateral
do tornozelo e tric. 8 p. da ag. n˚1 (total de 22 p. nessa agulha = ag. n˚3).
Nesta altura você deverá estar com 72 p. totais:
22 p. na ag. n˚1
28 p. na ag. n˚2
22 p. na ag. n˚3


Trabalhe seguindo o desenho da meia na ag com os 28p (4m, 2t) e para a formação do peito do pé e início da sola, siga da seguinte forma:

1ª volta: m.
2ª volta:
a. ag. n˚1: m. até os últimos 3 p., 2 mj., 1 m.
b. ag. n˚2: 4m, 2t.
c. ag. n˚3: 1 m., ssk, m. até o fim
Repita essas duas voltas até obter um total de 56 p. (14, 28, 14).
Continue seguindo os pontos por 30 carr a partir do final das reduções.

Ponta dos dedos



Para a formação da ponta dos dedos faça da seguinte forma:

1ª volta:
a. ag. n˚1: m. até os últimos 3 p., 2 j.m., 1 m.
b. ag. n˚2: 1 m., ssk, m. até os últimos 3 p., 2 j.m., 1 m.
c. ag. n˚3: 1 m., ssk, m. até o fim da ag.

2ª volta: segue os pontos
.
Repita essas duas voltas até obter um total de 12 p. em cada agulha e costure com uma costura invisível (grafting). Pronto! Sua meia super comprida está pronta!!

Para que ela fique mais firme na coxa pode fazer uma cordinha e passar pelas tranças e amarrar ou, então coloque elástico largo por dentro. Use a imaginação e, principalmente...

...divirta-se!!



quarta-feira, 1 de maio de 2013

Bota ou meia de tricô em tranças

Esta bota eu vi no site da Patons.
Para minha filha "fashion" foi amor a primeira vista, enquanto não concluí ela não me deu sossego. Mas valeu a pena, ficou muito bonita. A sola eu não coloco mais... Nunca mais, na verdade! Dá um trabalho medonho além de acabar com as pontas dos dedos. Claro que eu fiz tudo em casa sozinha.
Para quem quiser se divertir, vou colocar a receita no original, em inglês, e a versão traduzida.
Divirta-se, é bem gostosa de fazer essa meinha.


Versão original do site www.patonsyarns.com: aqui

Versão traduzida, veja abaixo:

Bota ou meia de tricô em tranças
(receita original em inglês - www.patonsyarns.com)




Material:
5 agulhas de ponta dupla
5 meadas do fio Patons DEW

Monte 60p distribuídos em 3 agulhas (20,20,20).
Feche, coloque um marcador antes do primeiro ponto e trabalhe em carreiras circulares em barra 1x1 por 15 carreiras ou até atingir 6cm.



Faça uma carreira de aumento. Distribua 10 pontos ao longo dos 60p. Isto é, a cada 6 meias aumenta um ponto.
Abreviações utilizadas:
Antes de iniciar as carreiras do desenho da bota, vou passar a explicação de cada abreviação usada na receita.
1sf – tira um ponto sem fazer.
2mj  - 2 pontos juntos em meia.
2tj  - 2 pontos juntos em tricô.
C2B – com 4m na agulha, colocar 2p em agulha auxiliar atrás do trabalho, faz os p meia da agulha esquerda e depois faz em meia os pontos da agulha auxiliar.
C2F – com 4m na agulha, colocar 2p em agulha auxiliar na frente do trabalho, faz os p meia da agulha esquerda e depois faz em meia os pontos da agulha auxiliar.
C4B – com 4m na agulha, colocar 1p em agulha auxiliar atrás do trabalho, faz os 3p meia da agulha esquerda e depois faz em meia o ponto da agulha auxiliar.
C4F – com 4m na agulha, colocar 3p em agulha auxiliar na frente do trabalho, faz 1p meia da agulha esquerda e depois faz em meia os 3 pontos da agulha auxiliar.
C6B – com 6m na agulha, colocar 3p em agulha auxiliar atrás do trabalho, faz os p meia da agulha esquerda e depois faz em meia os pontos da agulha auxiliar.
C6F – com 6m na agulha, colocar 3p em agulha auxiliar na frente do trabalho, faz os p meia da agulha esquerda e depois faz em meia os pontos da agulha auxiliar.
C7B – com 7m na agulha, colocar 4p em agulha auxiliar atrás do trabalho, faz os 3 p meia da agulha esquerda e depois faz em meia os 4 pontos da agulha auxiliar.
KB1 – tricote em m, colocando a agulha direita no ponto da carreira anterior (o ponto meia feito desta forma fica maior, pois será o tamanho de duas carreiras).
T4B – com 4m na agulha, colocar 1p em agulha auxiliar atrás do trabalho, faz os 3p meia da agulha esquerda e depois faz em tricô o ponto da agulha auxiliar.
T4F – com 4m na agulha, colocar 3p em agulha auxiliar na frente do trabalho, faz 1p tricô da agulha esquerda e depois faz em meia os 3 pontos da agulha auxiliar.

Início do desenho:
1ª carr: 2t, C6B, 2t, C2B, 7t, 7m, 7t, C2F, 2t, C6F, 2t, C2B, 7t, 7m, 7t, C2F
2ª carr e todas as pares: acompanha os pontos, meia sobre meia e tricô sobre tricô.
3ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 7t, C7B, 7t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 7t, C7B, 7t, C2F
5ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 6t, T4B, KB1, T4F, 6t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 6t, T4B, KB1, T4F, 6t, C2F
7ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 5t, C4B, 1t, KB1, 1t, C4F, 5t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 5t, C4B, 1t, KB1, 1t, C4F, 5t, C2F
9ª carr: 2t, C6B, 2t, C2B, 4t, T4B, KB1, (1t, KB1)2x, T4F, 4t, C2F, 2t, C6F, 2t, C2B, 4t, T4B, KB1, (1t, KB1)2x, T4F, 4t, C2F
11ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 3t, C4B, 1t, (KB1, 1t)3x, C4F, 3t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 3t, C4B, 1t, (KB1, 1t)3x, C4F, 3t, C2F
13ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 2t, T4B, KB1, (1t, KB1)4x, T4F, 2t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 2t, T4B, KB1, (1t, KB1)4x, T4F, 2t, C2F
15ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 2t, 3m, 1t, (KB1, 1t)5x, 3m, 2t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 2t, 3m, 1t, (KB1, 1t)5x, 3m, 2t, C2F
17ª carr: 2t, C6B, 2t, C2B, 2t, 3m, 1t, (KB1, 1t)5x, 3m, 2t, C2F, 2t, C6F, 2t, C2B, 2t, 3m, 1t, (KB1, 1t)5x, 3m, 2t, C2F
19ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 2t, T4F, KB1, (1t, KB1)4x, T4B, 2t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 2t, T4F, KB1, (1t, KB1)4x, T4B, 2t, C2F
21ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 3t, T4F, 1t, (KB1, 1t)3x, T4B, 3t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 3t, T4F, 1t, (KB1, 1t)3x, T4B, 3t, C2F
23ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 4t, T4F, KB1, (1t, KB1)2x, T4B, 4t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 4t, T4F, KB1, (1t, KB1)2x, T4B, 4t, C2F
25ª carr: 2t, C6B, 2t, C2B, 5t, T4F, 1t, BK1, 1t, T4B, 5t, C2F, 2t, C6F, 2t, C2B, 5t, T4F, 1t, BK1, 1t, T4B, 5t, C2F
27ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 6t, T4F, KB1, T4B, 6t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 6t, T4F, KB1, T4B, 6t, C2F
29ª carr: 2t, 6m, 2t, C2B, 7t, C7B, 7t, C2F, 2t, 6m, 2t, C2B, 7t, C7B, 7t, C2F
31ª carr: 2t, C6B, 2t, C2B, 7t, 7m, 7t, C2F, 2t, C6F, 2t, C2B, 7t, 7m, 7t, C2F
32ª carr: última carreira do desenho.
Repetir 3x o desenho formado pelas  32 carreiras.
Quando concluir a 3ª repetição das 32 carreiras, faça mais uma vez apenas a 1ª carreira.




Tornozelo:
A agulha 3 (aquela que está na sua mão direita) deve estar com 35 p. Se não tiver, passar esses pontos para esta agulha de forma a centralizar os desenhos na frente e atrás da bota. As agulhas 1 e 2, ficarão com 18 e 17 pontos.
Com o lado avesso da agulha 3 virado para você, inicia o tornozelo.
Trabalha em carreiras de ida e volta:
1ªcarr: 1sem fazer, (2tj, 6t)4x, 2t – no final fica com 31p
2ª carr: *1sem fazer, 1m*
3ª carr: 1 sem fazer e tricô até o final.
Repete-se a 2ª e 3ª carreiras até atingir 5cm, neste caso, 20 carreiras. Termina fazendo a 2ª carr.






Calcanhar:
Na mesma agulha que terminou o tornozelo, com o lado avesso virado para você, inicia o calcanhar.
1ª carr: 20t, 2tj, 1t (vira a agulha, isto é, troca as agulhas de mão, como se tivesse concluído a carreira)
2ª carr: 1sf, 10m, 2mj, 1m (vira)
3ª carr: 1sf, 10t, 2tj, 1t (vira)
Repete-se as carreiras 2 e 3 até ficar com 13p na agulha. Termina fazendo a 2ª carreira.



Peito do pé:
Com o lado direito voltado para você, levante 12 pontos na lateral esquerda do tornozelo usando uma agulha auxiliar e tricote em meia usando a agulha que está com os 13p do calcanhar.
Com a 2ª agulha faça 3m, 2t, 2m e inicie a 2ª carreira (acompanha o desenho) do desenho central da bota que está sublinhado na descrição do desenho, termine com 2m, 2t, 3m. Nesta agulha estará os pontos que estavam reservados nas 2 agulhas.
Com a 3ª agulha, levante 12p da lateral direita e faça em m. Faça mais 7 pontos em meia da 1ª agulha.
Neste ponto o trabalho deverá estar com 72 pontos assim divididos:
18p na 1ª agulha
35p na 2ª agulha
19p na 3ª agulha



Para formar o desenho e o formato do peito do pé, continue fazendo as reduções da seguinte forma:
1ª carr: 1ª agulha: m até os últimos 3 pontos, então faça 2mj, 1m
                2ª agulha: 3m, 2t, C2B, 3ª carreira do desenho sublinhado, C2F, 2t, 3m
                3ª agulha: 1m, 2mj, m até o final.
2ª carr: acompanha os pontos nas 3 agulhas.
As reduções na 1ª e na 3ª agulhas devem ser feitas até ter 60p assim distribuídos:
12p na 1ª agulha
35p na 2ª agulha
13p na 3ª agulha
Repita as 2 carreiras intercaladas fazendo as reduções e formando o desenho no peito do pé conforme os pontos sublinhados na descrição do desenho.
Na 13ª carr do desenho, chega à última redução e nesse ponto estará com 60p nas agulhas.





Corpo do pé.
Continue o desenho na agulha 2 e nas agulhas da sola, faça em m até formar mais um desenho, isto é, até terminar a 32ª carr do desenho.
Neste ponto o pé deve ter chegado até a base do início dos dedos, caso contrário, repita o desenho sublinhado.
Neste caso, a partir do início das reduções para os dedo, fez-se necessário reiniciar a receita do desenho.
Faça as reduções da seguinte forma:
1ª carr: 1ª agulha: m até os últimos 3 pontos, então faça 2mj, 1m
                2ª agulha: 1m, 2mj, 1ª carreira do desenho sublinhado, 2mj, 1m
                3ª agulha: 1m, 2mj, m até o final.
2ª carr: acompanha os pontos nas 3 agulhas.
Faça as reduções até ficar com 28p no total. Para finalizar, passe os pontos da sola para uma única agulha e arremate usando a costura grafting.
Está pronta a sua MEIA. Para virar uma bota, faz-se necessário colocar uma sola na base da meia.
Neste caso foi colocado um solado Amazonas, bastante pesado, então foi preciso fazer umas cordinhas para amarrar no início do pé e na parte de cima para compensar o peso do solado.
Deu um trabalho imenso costurar a sola. Porque eu resolvi costurar em casa com o mesmo fio que a meia foi tecida. Não aconselho. Mande numa sapataria. O acabamento pode não ser tão perfeito, mas suas mãos não ficarão em carne viva.
Qualquer dúvida, me escreva que terei o maior prazer atender.
Então, divirta-se!!